Logística Reversa em Macapá: Qual é a Importância? [ATUALIZADO]

Quando se pensa em logística reversa em Macapá, a primeira coisa que vem em mente é a preservação do meio ambiente.

E como praticamente todo o mundo está cada vez mais preocupado em trazer o mínimo de impacto ao planeta, a logística reversa chegou exatamente para cumprir esse papel.

Seja no setor industrial ou no transporte de mercadorias, as empresas estão se adequando tanto quanto ao descarte adequado de resíduos assim como seu reaproveitamento.

Um outro aspecto importante é que, com a entrada em vigor da nova legislação, a qual está associada à proteção do ambiente, as empresas precisam seguir todas as normas, e para isso, várias mudanças precisam ser implementadas.

Caso contrário, correm o risco de não apenas serem penalizadas pelos órgãos responsáveis, mas principalmente perder espaço no mercado.

Nesse artigo, vamos explicar melhor o que é logística reversa, sua importância, por que é considerada o melhor caminho a seguir quando se trata de sustentabilidade e muito mais.

 

O que é logística reversa?

A maioria das pessoas não faz ideia do que significa logística reversa.

Então, é a área da logística direcionada para o processo produtivo, focando especialmente no descarte apropriado dos resíduos, reaproveitamento dos materiais, sempre visando a preservação do meio ambiente.

Por exemplo, uma empresa que implementa esse processo, tem muito mais chances de aumentar sua visibilidade, pois os clientes valorizam muito hoje organizações que prezam pela sustentabilidade.

É importante lembrar que, existe uma lei que determina que fabricantes de computadores, eletrodomésticos, pneus, defensivos agrícolas, baterias, etc., são os responsáveis pelo descarte.

Mas infelizmente, nem todos os estados brasileiros seguem essa legislação.

 

Quando surgiu o conceito de logística reversa

Embora o conceito de logística reversa ser utilizado desde a década de 1990, apenas em agosto de 2010 que a Lei 12.305 foi promulgada.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS -, define a logística reversa como um “instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios, destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada.”

Em outras palavras, a logística reversa consiste em um conjunto de estratégias e ações para coleta e descarte de resíduos.

Na verdade, vários setores estão envolvidos, desde fabricantes, distribuidores, importadores, comerciantes até transportadoras. Todos preocupados com a redução de resíduos e de seus impactos à saúde.

 

Como funciona

Para entender como funciona a logística reversa, vamos voltar ao conceito de logística propriamente dito.

Então, na logística convencional, o objetivo é fazer com que os produtos cheguem ao seu destino final da melhor forma possível.

Já no caso da logística reversa, após o uso dos produtos, esses são recolhidos para serem aproveitados de outra forma.

Geralmente, a empresa ou vai buscar descartar os produtos em local adequado ou encontrar maneiras de reaproveitar aquele material.

Para que a logística reversa ocorra de maneira eficaz, é essencial que os resíduos estejam em um só local, pois assim otimiza a coleta.

Por exemplo, no caso da QMIX Logística, recolhemos os produtos em Macapá, armazenamos em galpão próprio e apropriado. E após formar uma carga, despachamos para o destino correto de cada material, geralmente para o Estado de Goiás.

Na verdade, atuamos no segmento de logística reversa de forma indireta, pois retornamos com diversos produtos para reciclagem em Goiás, como latinhas de alumínio, garrafas PET, papelão e outros.

 

Quais os principais benefícios

Você já viu que a logística reversa tem como principal objetivo a preservação do meio ambiente e reduzir os impactos nocivos à saúde.

No entanto, pode trazer muitos mais benefícios para uma empresa:

1.Redução de custos

Isso se dá por meio do reaproveitamento de matéria-prima para a produção de novos produtos, o que levaria a uma redução dos custos no processo produtivo.

2.Implantar novas estratégias no processo produtivo

Com base em produtos devolvidos com defeito, por exemplo, é possível reavaliar todo o processo de produção, de forma a identificar as falhas.

3.Melhor imagem da empresa

Uma empresa que se preocupa com a sustentabilidade é muito bem vista pelos olhos do consumidor.

Ou seja, ao implantar a logística reversa, você traria mais visibilidade e notoriedade para sua empresa, se destacando ainda mais de seus concorrentes.

Vale ressaltar que, a logística reversa é obrigatória, ou seja, a empresa que não destinar corretamente seus produtos, corre um sério risco de ser multada pelos órgãos competentes.

Por isso que deve fazer parte da filosofia de qualquer empresa!

 

Logística reversa em Macapá

Um estudo realizado mostrou que o Estado do Amapá conta com empresas terceirizadas para a coleta de lixo, no entanto, apenas duas possuem adequação para os Resíduos Sólidos Urbanos.

Além disso, possui um número irrelevante de centros de reciclagem e reaproveitamento de materiais, e sem falar que não existe qualquer programa estadual de coleta seletiva.

E um outro fator preocupante é que Macapá é o único município a ter um aterro sanitário. Os outros 14 municípios têm lixão a céu aberto, o que vai na contração da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Justamente por isso que não existe a implantação da logística reversa no estado, o que a longo prazo, com certeza, trará muitos prejuízos não apenas ao meio ambiente, como também à população.

Até estava programado um fórum para março desse ano (2020) para debater a logística reversa, mas com a pandemia do Covid-19 não ocorreu.

A capital Macapá já tem a experiência de trabalhar a logística reversa de pneus, mas a preocupação é com o descarte de outros resíduos.

Como você viu, o principal objetivo da logística reversa é a reinserção de produtos, materiais e insumos recicláveis ao ciclo de produção, ou outra destinação ambientalmente adequada.

E enquanto isso não é implementado, nós, da QMIX Logística continuamos a fazer o nosso papel.

Possuímos toda a estrutura de carros, caminhões e galpões para fazer a logística reversa em Macapá para os mais variados segmentos.

O mais importante aqui é que as empresas saibam que o melhor é destinar adequadamente seus materiais, pois é uma forma de preservar o meio ambiente e consequentemente, promover a saúde das pessoas.

Entre em contato conosco que teremos o maior prazer em atendê-lo.

 

Atualização: a capital de São Saulo acabou de implantar a lei nº 17.471, de 30/09/2020 – estabelece a obrigatoriedade da implantação de logística reversa no município de São Paulo para recolhimento dos produtos que especifica e dá outras providências.

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Precisa de uma transportadora?

Faça uma cotação com a QMIX agora

Todos direitos reservados @QMIX Logística