Vantagens e desafios da automação na logística

transportadora-para-macapa

Ao longo de uma cadeia de logística (compras, manufatura, distribuição, atendimento ao cliente, logística reversa …), há uma infinidade de processos que podem ser automatizados. Além disso, as promessas de automação soam muito boas em um ambiente como o de hoje, no qual grandes empresas estão sob pressão cada vez maior para se tornarem mais eficientes e competitivas. Mas, onde está a automação logística?

Vamos analisar qual é o estado da atualização nas cadeias de suprimentos, quais são as principais barreiras que as empresas encontram ao apostar e quais os benefícios que podem ser obtidos com a automação logística.

 

O que é a automação de uma empresa?

Significa interligar digitalmente elementos do cotidiano através de um serviço de internet fixa e móvel, que no campo da automação residencial se traduz em iluminação inteligente para a empresa, o ar condicionado pode ser acionado antes de chegar em casa ou coletar dados sobre o aproveitamento do consumo de energia de uma empresa para propor medidas de melhoria.

 

Vantagens da automação logística

 

Podemos dividir as vantagens da automação em três tipos, dependendo de quão óbvios são seus benefícios.

 

Benefícios óbvios

A automação bem-sucedida deve ser capaz de reduzir a quantidade de horas de trabalho necessárias para atingir os mesmos resultados de antes da automação. Isso representa uma melhoria de custos e é um dos resultados mais óbvios.

Outra vantagem de ter uma plataforma logística inteligente é que você pode economizar na energia ao controlar a temperatura ou a iluminação da sua plataforma de logística. É por isso que a automação é vista como medida de eficiência energética, sendo a forma mais recomendada de ter uma empresa que otimize ao máximo os seus recursos. Baixe já as contas da luz.

 

Benefícios menos óbvios

A automação logística também produz uma série de efeitos menos visíveis, mas que também afetarão a eficiência da cadeia de suprimentos. Por exemplo, uma cadeia de abastecimento automatizada de ponta a ponta pode gerenciar e prever melhor sua demanda, o que também levará a uma melhoria nos níveis de estoque, volumes de armazenamento necessários, etc.

 

Benefícios invisíveis

O responsável por implementar um processo de automação ou por tentar convencer a direção da sua empresa de que se trata de um investimento necessário deve ser capaz de mostrar seus benefícios de forma convincente. Por exemplo, com os dois exemplos de benefícios que colocamos nos pontos anteriores, não estaríamos alcançando uma cadeia de suprimentos mais flexível diante de possíveis mudanças? Uma corrente automatizada suporta melhor os custos de uma redução de mão de obra do que correntes muito intensivas em mão de obra.

Da mesma forma, a redução dos estoques e a melhora na previsão da demanda também nos tornam mais flexíveis diante das variações da demanda real. Estes são alguns exemplos desses benefícios invisíveis que não são tão óbvios.

 

Desafios e barreiras da automação logística

Tendo visto os benefícios, podemos nos perguntar quais fatores atuam contra a automação na cadeia de suprimentos.

Entre as desvantagens normalmente atribuídas está a menor flexibilidade em dois sentidos: processos e mudanças neles. Em outras palavras, é duvidoso que alguns processos possam ser padronizados para que possam ser executados de forma mais eficiente por um sistema automatizado. E, também, o medo de que possíveis mudanças na forma de fazer as coisas sejam difíceis (e caras) de serem transferidas para um sistema automatizado, o que pode nos obrigar a trabalhar de uma maneira específica quando quisermos modificá-la.

Outra complexidade a ser superada é o grande número de elementos que estão presentes em uma cadeia de suprimentos. Fornecedores, fabricantes, clientes, distribuidores… Todos eles podem ser armadilhas e relutar em incluir as soluções tecnológicas necessárias para a automação.

O tempo é outro elemento frequentemente citado como um “contra”. Geralmente, estima-se que um sistema automatizado dure em média 10 anos, o que, quando confrontado com o custo de sua operação, às vezes produz retornos sobre o investimento que as empresas consideram muito baixo. Portanto, ao levar em conta os riscos de que a automação dê errado, há empresas que se recusam a iniciar esses projetos.

Não há uma resposta única para a questão de saber se uma empresa deve aumentar sua automação logística. Quanto, a que preço, em que partes, que tipo de empresa somos ou quão preparados estamos são algumas das questões adicionais que podem permitir que você tome decisões para sua cadeia de suprimentos.

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Precisa de uma transportadora?

Faça uma cotação com a QMIX agora

Todos direitos reservados

QMIX 2020